FALE CONOSCO
 | PERDEU SUA SENHA? | CADASTRE-SE

Campanha "Abril pela Segurança do Paciente" - Menos de 4% dos hospitais do Brasil seguem normas pré-estabelecidas para maior segurança ao paciente

31 / 03 / 2017

n/d

Menos de 4% dos hospitais do Brasil seguem normas pré-estabelecidas para maior segurança ao paciente

Abril é o mês da campanha do Ministério da Saúde em prol da Segurança do Paciente

 

São Paulo, abril de 2017 - Você sabia que a simples identificação incorreta de um exame; a administração incorreta de um medicamento ou uma cirurgia em local errado podem trazer danos graves ao paciente?

Esses são alguns dos motivos que levaram ao surgimento da campanha, “Abril pela Segurança do Paciente”, promovida pelo Ministério da Saúde que entra em ação este mês.

Esta campanha é um incentivo para que todos possam contribuir para a segurança do paciente. A ONA (Organização Nacional de Acreditação) o IBSP (Instituto Brasileiro de Segurança do Paciente) e o ISMP (Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos) são instituições que buscam incessantemente colaborar com a melhoria da assistência no Brasil, e que também acreditam que sensibilizar tanto os profissionais quanto os próprios pacientes, é um dos caminhos para uma assistência com menos eventos adversos.

Neste contexto a ONA possui uma metodologia de acreditação de saúde com padrões reconhecidos internacionalmente, que ajudam as organizações a prestarem uma assistência mais segura e de qualidade. 

“Menos de 4% dos hospitais do país seguem normas pré-estabelecidas pelo processo de acreditação, que visam maior segurança do paciente, diz Dr. Péricles Góes da Cruz, gerente de relações institucionais da ONA.

Ele ainda complementa que são mais de 6.500 hospitais cadastrados no CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde) e em torno de 250 destes, são acreditados pela Organização Nacional de Acreditação, que promove o atendimento a normas de conduta para segurança do paciente.

Fomentando a campanha, o IBSP em parceria com a ONA e apoio do ISMP, dão força à iniciativa com intuito de mostrar que os padrões de qualidade e segurança podem ser adotados por todas as organizações. 

Durante o mês de abril, será apresentada uma programação interessante para promover os pilares da segurança do paciente. “Haverá uma série de conteúdos especiais nos Portais do IBSP e da ONA sobre as boas práticas relacionadas às metas internacionais de segurança do paciente, uma campanha nas redes sociais explicando os principais conceitos do tema ao público leigo, um webinar gratuito para discutir novos desafios na área, culminando no fim do mês com o II Simpósio Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente”. Comenta do Dr. José Branco, diretor executivo do IBSP.

O II Simpósio Internacional de Qualidade e Segurança do Paciente, acontece do dia 26 a 28 de abril, no Centro de Convenções Rebouças. Mais informações no link: http://www.simposio-ibsp.com.br/. Além disso, no dia 11 de abril, às 19h, o Dr. Lucas Zambon, MD, PhD e Diretor Científico e Fundador do IBSP, vai ministrar uma webinar com o tema “Segurança do Paciente: novos desafios”, que será transmitido gratuitamente.

“Nosso objetivo é aproveitar o mês de abril para ampliar a discussão sobre Segurança do Paciente e qualidade de vida dos profissionais em saúde. Com o Simpósio queremos propiciar a troca de experiências para buscar uma melhoria do processo de qualidade”, afirma José Branco, diretor executivo do IBSP e coordenador técnico do Conselho Consultivo da ONA.

Péricles também aponta que incidentes associados ao cuidado de saúde, e em particular os eventos adversos (incidentes com danos ao paciente), representam uma elevada morbidade e mortalidade em todos os sistemas de saúde. “Toda organização de saúde deve se preocupar com a qualidade e segurança da assistência prestada ao seu paciente”, afirma. Porém, a acreditação ajuda na melhoria contínua da qualidade porque é uma avaliação externa e é feita a partir de padrões pré-definidos e reconhecidos internacionalmente.

Melhorar a qualidade do sistema de saúde no Brasil é um grande desafio. “Somos um país com muitas diferenças regionais. Cada organização precisa superar uma série de desafios para ter um bom nível de qualidade. Nossa proposta é incentivar esse processo e mostrar a importância da busca constante pela qualidade. Além disso, o paciente também possui responsabilidades, ele deve saber qual seu papel no processo”, finaliza.

Sobre a ONA

A Organização Nacional de Acreditação (ONA) é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos que certifica a qualidade de serviços de saúde, com foco na segurança do paciente. É reconhecida pela ISQua (International Society for Quality in Health Care), associação parceira da OMS e que conta com representantes de instituições acadêmicas e organizações de saúde de mais de 100 países.

Com 17 anos de atuação e mais de 500 instituições certificadas, a ONA se consolidou como a principal acreditação de saúde do país.

Seus manuais são específicos para nove diferentes tipos de estabelecimentos: hospitais, ambulatórios, laboratórios, serviços de pronto atendimento, home care, clínicas odontológicas, clínicas de hemoterapia, serviços de terapia renal substitutiva e serviços de diagnóstico por imagem, radioterapia e medicina nuclear. A ONA também certifica serviços de apoio a instituições de saúde, como lavanderia, dietoterapia, esterilização e manipulação.​

Entidades fundadoras / associadas

Abramge

CNS

FBH

FenaSaúde

CMB

SBAC

Unimed

ONA 2014 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS


SiteLock


Rua Bela Cintra, 986 - Cj 82 | Consolação | São Paulo/SP - 01415-002

Telefone: (11) 3121-3232 | E-mail: ona@ona.org.br

Contato imprensa: imprensa@ona.org.br


PluGzOne